EUA podem ter 100 mil casos diários de Covid-19 se não tomar medidas, diz especialista da Casa Branca

País registra atualmente cerca de 40 mil novos casos por dia e já tem mais de 126 mil mortes.

Em audiência no Senado, Dr.

Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas, se recusou a prever o número de óbitos que onda atual poderia causar.

Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas e consultor médico da Casa Branca, durante audiência no Senado dos EUA, em Washington, na terça-feira (30) Al Drago - Pool/Getty Images/AFP Anthony Fauci, consultor médico da Casa Branca, alertou nesta terça-feira (30) que os Estados Unidos podem ter 100 mil novos casos de coronavírus diariamente se não forem tomadas medidas para interromper a pandemia. "Agora estamos tendo 40 mil novos casos por dia", disse o especialista, diretor do Instituto Americano de Doenças Infecciosas, em audiência perante o Comitê de Saúde e Educação do Senado. "Eu não ficaria surpreso se atingirmos 100 mil por dia se isso não mudar", advertiu. Ele se recusou a prever o número de mortes que a onda atual poderia causar, mas de acordo com uma estimativa divulgada na semana passada pelos Centros de Prevenção e Controle de Doenças, o país pode atingir entre 130 mil e 150 mil mortes por Covid-19 até 18 de julho. O balanço atual é de pelo menos 126 mil mortos. Quatro estados americanos (Califórnia, Arizona, Texas, Flórida) representam agora metade dos novos casos. Initial plugin text
Categoria:Mundo