Cidade de Nova York tem 24 horas sem uma única morte confirmada por Covid-19

Dados apontam uma alta de casos e também de mortes nos Estados Unidos, mas o estado de Nova York é um dos que veem a epidemia diminuir.

Três pessoas em frente a um restaurante tradicional no Harlem, em Nova York, em 14 de julho de 2020 Mike Segar/Reuters A cidade de Nova York, que foi um dos centros da pandemia de Covid-19 nos Estados Unidos, não teve nenhuma morte confirmada por Covid-19 na sexta-feira (11). Estados Unidos registram aumento no número diário de mortes pelo novo coronavírus Casos de Covid-19 no mundo passam de 13 milhões, segundo universidade As notificações de óbito são feitas pelo Departamento de Saúde da cidade.

Há três casos de mortes suspeitas, no entanto --a notificação poderá mudar depois do resultado do teste. Flórida é o novo epicentro da Covid-19 nos Estados Unidos No dia 12, houve uma morte confirmada e uma por suspeita de Covid-19, indicam os dados. O prefeito Bill de Blasio chegou a comemorar, em uma entrevista, as 24 horas sem mortes confirmadas pela Covid-19.

O departamento de Saúde da cidade afirma que revisa os dados. Os números de casos nos estados de Nova York, Tennessee, Nova Jersey e Delaware estão caindo semanalmente nos EUA.

Essas são, no entanto, exceções. Os EUA notificaram mais de 400 mil novos casos de Covid-19 na semana que terminou no dia 12 de julho --uma alta de 21% em relação aos sete dias anteriores. O número de mortes subiu pela primeira vez desde a metade de abril. Mais de 5.000 pessoas morreram de Covid-19 entre 6 e 12 de julho, uma alta de 46% em relação aos sete dias anteriores. Cerca de 12 estados têm relatado aumentos no número de mortes nas últimas duas semanas, incluindo a Califória e o Texas, que são populosos.

Categoria:Mundo